top of page

Ipiranga é o novo patrocinador do campeonato gaúcho de futebol feminino

Gauchão feminino da modalidade reúne dez equipes

Desde o dia 31 de julho, os gramados do Rio Grande do Sul têm sido palco do Campeonato Gaúcho de Futebol Feminino. A empresa, que já patrocina a competição masculina no Rio Grande do Sul há sete anos, aposta agora nas gurias para impulsionar o esporte mais popular do país por estes pagos.


O apoio ao certame feminino dialoga com a cultura da empresa, que aposta na diversidade como estratégia importante e essencial para o negócio. Com o lema “Levanta lá essa bandeira”, a intenção é popularizar o campeonato o público.


O Gauchão Feminino Ipiranga reúne 10 equipes, que disputam o título até novembro, e já nasce com números vitoriosos. Em 2019, eram seis clubes participantes do campeonato no Estado. Hoje, são 10 equipes de todas as regiões do Estado, um crescimento de 25%.


O Gauchão, que foi o primeiro campeonato feminino oficial do Brasil, está sendo disputado por times que se enfrentarão rumo ao título estadual: Adergs, Brasil-Far, Elite, Flamengo, Grêmio, Guarany, Internacional, Juventude, Oriente e Vidal Pro.


Em entrevista, Barbara Miranda, VP de Marketing e Novos Negócios da Ipiranga, comenta sobre o apoio da empresa ao campeonato.


Quando iniciou a parceria com o futebol feminino no Rio Grande do Sul?


O patrocínio teve início este ano. Com esta nova iniciativa, a empresa realiza um movimento inédito, ao se posicionar como a primeira distribuidora de combustíveis a patrocinar a edição feminina da modalidade.


Como funciona esse apoio?


O Gauchão Feminino Ipiranga terá uma série de ativações, com destaque para o “Tour da Taça”, no qual o troféu da competição será exposto nos postos Ipiranga das cidades dos clubes. Haverá, ainda, a entrega de um troféu especial da empresa para as melhores jogadoras das semifinais e da final. A Ipiranga também vai personalizar o banco de reservas na final, patch e marca nas camisas dos clubes, placas nos campos de jogo, além de outras ações.


Por que a Ipiranga resolveu apostar na competição?


Além de ser um investimento relevante na modalidade focada em mulheres que são atletas em um esporte tradicionalmente masculino, o projeto reforça nossa posição como uma empresa que de fato promove a diversidade. Ao associar nossa marca ao Gauchão Feminino, nos tornamos ainda mais próximos do público gaúcho. Afinal, a visibilidade e interesse pela competição só refletem o crescimento da modalidade no Estado.


A Ipiranga aderiu recentemente aos Princípios de Empoderamento das Mulheres (ONU Mulheres e Pacto Global) e colocou ações em prática: no último programa de trainee da companhia, 75% das vagas foram preenchidas por mulheres. Além disso, a Ipiranga criou o Women Speed, programa de mentoria para acelerar a presença feminina em cargos de liderança. São iniciativas que a Ipiranga busca refletir também em seus patrocínios.

6 visualizações0 comentário
Post: Blog2_Post
bottom of page