top of page

Mormaii é nova patrocinadora do Comitê Olímpico do Brasil

Contrato com o COB envolve fornecimento de material esportivo para os Jogos Sul-americanos e Mundiais de Praia em 2023, além de linha de produtos licenciados do Time Brasil

O Comitê Olímpico do Brasil (COB) anunciou nesta quinta-feira, 08, a Mormaii como Patrocinadora Oficial dos Esportes de Praia do Time Brasil até 2024. A parceria com a marca historicamente conectada às modalidades praticadas ao ar livre envolve o fornecimento de material esportivo para os Jogos Sul-americanos de Praia Santa Marta 2023, na Colômbia, de 20 a 29 de maio; e Jogos Mundiais de Praia Bali 2023, na Indonésia, de 05 a 12 de agosto.


“A Mormaii tem uma história ligada ao mar, nasceu do surfe, e entende as necessidades dos atletas. A marca surgiu com o objetivo de fornecer material esportivo de qualidade e proporcionar as melhores condições de competição aos atletas, um ideal que tem tudo a ver com os objetivos estratégicos do Comitê Olímpico do Brasil. Estamos muito satisfeitos com essa parceria”, disse Paulo Wanderley Teixeira, presidente do COB.


“Apoiar e incentivar o esporte brasileiro é um prazer e uma grande honra”, disse Marco Aurélio Raymundo "Morongo", presidente e fundador da Mormaii.


Além do material esportivo, está sendo desenvolvida uma linha de produtos licenciados voltados para o segmento praia, que serão lançados ao longo do próximo ano. Serão mais de 50 produtos diferentes nas categorias vestuário, acessórios, equipamentos esportivos e bicicletas (incluindo as elétricas).

A Mormaii patrocina vários surfistas, como Lucas Chumbo, Miguel Pupo e Tainá Hinckel (que disputou uma das vagas para os Jogos de Tóquio 2020). E também já tinha uma ligação com o Movimento Olímpico: apoia nomes como Allan do Carmo, das águas abertas, e o nadador Leonardo de Deus, que foi finalista olímpico em Tóquio. O skatista João Lucas Alves, bronze nos Jogos Sul-americanos 2022, também está entre os atletas atualmente patrocinados pela Mormaii.


Para os Jogos de Praia em 2023, a Mormaii fornecerá os uniformes de vila, treinamento, viagem e de pódio para toda a delegação.


“Esse acordo, além de unir o COB a uma marca referência no cenário esportivo e nas praias brasileiras, traz de imediato uma oportunidade de negócio e um potencial de alcance para as nossas marcas a um novo público de milhões de consumidores e a presença em milhares de pontos de venda, através de uma linha de produtos exclusivos que serão lançados a partir dessa temporada de verão de 2023. Hoje é o marco inicial de um movimento de marca e novos produtos que o COB irá apresentar, propiciando uma nova relação com os fãs e praticantes de esportes olímpicos”, disse Gustavo Herbetta, diretor de marketing do COB.


A parceria entre o Comitê Olímpico do Brasil e a Mormaii contará com uma série de ativações físicas e digitais até 2024, através das redes sociais do Time Brasil, que hoje lideram o ranking de engajamento entre todos os 206 Comitês olímpicos nacionais, conteúdo exclusivo no Canal Olímpico que já conta com mais de 250 mil inscritos, além de todo o enxoval de visibilidade nos Jogos de Praia, ações promocionais e experiências exclusivas para os consumidores Mormaii/Time Brasil.


Brasil nos Jogos de Praia - Os Jogos Sul-americanos de Praia são disputados desde 2009. O Brasil foi campeão das duas primeiras edições, em Punta del Este e Montevideo 2009, no Uruguai, e Manta 2011, na Venezuela. Nas duas últimas edições, Vargas 2014, na Venezuela, e Rosário 2019, na Argentina, o Brasil ficou na terceira colocação do quadro de medalhas em ambas, com os donos-da-casa como campeões.


Na última edição do Sul-americano de Praia, o Brasil conquistou 26 medalhas, 11 de ouro, nove de prata e seis de bronze. Mas mais importante que a posição no quadro de medalhas, foi uma inovação do COB para Rosário 2019: pela primeira vez na história uma delegação do Brasil foi liderada exclusivamente por mulheres. Foram nove profissionais coordenando a delegação de 62 atletas de nove modalidades.


Já na primeira edição dos Jogos Mundiais de Praia, em 2019, em Doha (Qatar), o Brasil, além de ter enviado a maior delegação do evento, com 77 atletas, encerrou sua campanha como líder no total de medalhas da competição com 12, sendo cinco de ouro, quatro de prata e três de bronze. Pelo número de ouros, o Brasil ficou em segundo lugar, atrás somente da Espanha, que conquistou 07.

36 visualizações0 comentário
Post: Blog2_Post
bottom of page