top of page

Prazo de inscrição para projetos de incentivo fiscal no BRDE termina em 31 de agosto

Podem ser inscritos projetos já aprovados para captação nas áreas cultural, social e esportiva voltadas a crianças, adolescentes e idosos.

A inciativa do banco constitui parte de sua política de responsabilidade socioambiental e compromisso com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), aplicando de forma direta recursos no Rio Grande do Sul, em Santa Catarina e no Paraná. Em 2022, o BRDE destinou R$ 6,4 milhões para projetos por meio das leis de incentivo fiscal e igualmente distribuídos entre os três estados. Nos últimos sete anos, o montante aplicado pelo banco na região Sul pelos mecanismos de renúncia fiscal ultrapassou a marca de R$ 28 milhões.


Um dos projetos já contemplados com o apoio do BRDE é o trabalho do Grupo Arte e Movimento, que atende pessoas idosas em situação de vulnerabilidade social. Com dez anos de atividades, o grupo acolhe idosas do bairro Morro Santana, em Porto Alegre, com oficinas e aulas de informática, artesanato, dança e muita ginástica. “O projeto contempla o ser humano por completo, desenvolvendo atividades para o corpo, a alma e a mente. Também abordamos o papel da tecnologia no envelhecer e a importância de se ter uma narrativa como propósito de vida”, ressalta o coordenador da área da Juventudes na ACM Morro Santana, Wagner do Couto.


As aulas de ginástica para pessoas idosas trazem benefícios, como por exemplo: auxilia na melhora do funcionamento do coração, fortalece os músculos, melhora o funcionamento das articulações, reduz os riscos de quedas, diminui a gordura corporal e controla a diabete. Além desses fatores, a prática esportiva está associada à longevidade e ao menor risco de morbilidade. “Esse atendimento é considerado fundamental não pelo conteúdo de suas oficinas, mas pelo seu papel social, resgatando o valor das idosas”, relata a assistente social, Fabiane Nunes Machado.


Neste ano, o BRDE volta a receber projetos de instituições de saúde que atuam na atenção a pessoas com deficiência e a pacientes com câncer. Como agente de desenvolvimento social, econômico e cultural da região, o banco tem como política apoiar projetos por meio dos seguintes mecanismos de renúncia fiscal:


Lei Federal de Incentivo à Cultura;

Lei do Audiovisual;

Lei de Incentivo ao Esporte;

Fundo da Infância e da Adolescência;

Estatuto do Idoso;

Fundo Nacional do Idoso;

Programa Nacional de Apoio à Atenção Oncológica;

Programa Nacional de Apoio à Atenção da Saúde da Pessoa com Deficiência.


Todo o processo de cadastramento deve ser realizado através do Portal de Incentivos https://www.brde.com.br/incentivos/incentivos-fiscais/


112 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page