Santos FC exalta África em nova etapa de internacionalização de marca

A campanha celebra os 53 anos do cessar-fogo na guerra da Nigéria para que o time da baixada pudesse jogar no país

O Santos FC está celebrando e agradecendo o continente africano por sua importância na história do Clube na nova fase de internacionalização da marca. A próxima etapa do Santos do Mundo relembra os feitos de Pelé, Pepe, Zito, Edu, Abel e companhia por lá.


A campanha usa como principal mote os 53 anos do cessar-fogo na guerra da Nigéria para que o Santos FC pudesse jogar futebol naquele país.


Além de parar a guerra na Nigéria, o Santos FC recebeu uma comenda no Egito e disputou outras 20 partidas na África. O continente africano possui o maior número de clubes homônimos do Santos FC.

É também no continente africano o maior número de clubes homônimos do Santos, sete ao todo. Entre eles está o Santos Angola, que completará 20 anos em setembro. O time de Viana, cidade próxima à capital Luanda, é o que mais interage com o Peixe nas redes sociais e seu presidente esteve na Vila Belmiro neste ano, em visita ao presidente Andres Rueda.


Outra forma de agradecer à África por ser tão importante na história do Clube é através de ações beneficentes. Desde junho, o Santos destina parte da verba arrecadada com o Manto Solidário (leilão de camisas autografadas de jogadores que fazem o primeiro gol em cada vitória do clube) para a organização Médicos Sem Fronteiras, que provê ajuda humanitária a pessoas em situação de vulnerabilidade social no continente.

11 visualizações0 comentário