Com BRF e Pixbet, TV Globo chega a 6 patrocinadores na Copa do Catar

As duas empresas se unem à Ambev, Claro, Itaú e Magalu nas transmissões da cobertura do evento na TV aberta

A menos de 100 dias do início da Copa do Mundo no Catar, a Globo já garantiu seis patrocinadores da transmissão na TV aberta. O grupo é o unido dono dos direitos de transmissão do evento na TV aberta, TV paga e no streaming.


Há alguns dias, a BRF, proprietária das marcas Sadia e Perdigão, firmou acordo com o departamento comercial da Globo para participar das transmissões e de toda a programação envolvendo a temática da Copa do Mundo na TV aberta e também no SporTV.


Após a BRF, o sexto patrocinador a ingressar no pacote da Globo é a Pixbet, plataforma de apostas esportivas, que já investe no futebol brasileiro como patrocinador dos clubes Flamengo, Santos, Juventude, Avaí, Goiás e América-MG. A empresa será a primeira casa de apostas parceira de uma transmissão de Copa, no Brasil, na TV Aberta. “Estar na Copa do Mundo é um passo gigantesco para a Pixbet. Estamos muito orgulhosos por termos atingido esse patamar”, afirma Ernildo Santos, fundador da Pixbet. Segundo a empresa, sua exibição nas vinhetas da Globo já começa a partir do próximo dia 22.


Os patrocinadores da Copa na Globo

Pixbet e BRF se unem à Ambev, Claro, Itaú, e Magalu, que também adquiriram as cotas de patrocínio da Copa do Mundo. As marcas Ambev, Claro, Itaú e Magalu já vem, inclusive, aparecendo nas chamadas e vinhetas da programação que abordam a Copa.


Desse grupo de patrocinadores, Ambev, Claro, Magalu, e BRF também patrocinam as transmissões da Copa no SporTV, que terá uma grade especial para acompanhar todos os acontecimentos do Catar. Na TV paga, junto a essas marcas, também são patrocinadores a Samsung e a Betfair.


A Globo não chegou a divulgar a quantidade total de cotas de patrocínio oferecidas ao mercado publicitário para a Copa do Mundo do Catar. Geralmente, o grupo costuma trabalhar com o número de seis patrocinadores para a televisão aberta. No Mundial da Rússia, em 2018, foram patrocinadores da transmissão da emissora as marcas Ambev (Brahma), BRF, Coca-Cola, Itaú, Johnson & Johnson e Vivo.


Na época, em 2018, a Globo cobrou o preço de R$ 180 milhões por cada uma das cotas de patrocínio da Copa. Estima-se que o valor cobrado pela inserção dos patrocinadores da transmissão do Catar seja equivalente ou um pouco superior ao cobrado na Rússia. A Globo não comenta sobre os valores de sus planos comerciais.




23 visualizações0 comentário