top of page

ZAP+ define “Dignidade do Morar” como causa da marca

Pesquisadores e interessados do mundo acadêmico foram convidados a participar do desenvolvimento da pesquisa “Papel da tecnologia e dos dados na dignidade do morar”

Para avançar em ações, pesquisadores e interessados do mundo acadêmico foram convidados a participar do edital que tem como foco o desenvolvimento da pesquisa sobre o Papel da tecnologia e dos dados na dignidade do morar. A ação será liderada pelo braço de inteligência imobiliária do ZAP+, o DataZAP+.


“Enquanto signatários do Pacto Global da ONU, nos comprometemos a apoiar ações que visam a criação de um mundo melhor por meio da responsabilidade social e sustentabilidade. Nesse sentido, uma das nossas propostas é garantir que as pessoas tenham acesso a moradia digna, que é uma condição fundamental para todos. Sabemos que é um grande desafio, por isso, convidamos o mercado para discussão e, juntos, buscarmos soluções”, afirmou Gabriela Zaninetti, VP de marketing do ZAP+.


Com a mobilização de estudiosos e pesquisadores, a expectativa da empresa é que o resultado da pesquisa contribua de forma efetiva como base legítima para ações concretas de acesso à moradia.


“Vivemos numa era em que nossa capacidade de gerar e processar dados cresce exponencialmente e é evidente que o uso dessas informações pode transformar atividades econômicas, bem como nossa forma de viver. Por meio do estudo queremos saber como podemos usar isso em favor da sociedade”, explicou Danilo Igliori, VP economista-chefe do DataZAP+.


As propostas devem ser enviadas até o dia 30 de novembro e serão submetidas a uma comissão avaliadora composta por profissionais internos e externos ao ZAP+. O projeto vencedor deve ser anunciado em dezembro deste ano e a expectativa é que as pesquisas comecem, efetivamente, em janeiro de 2023.


“O mercado imobiliário tem um grande papel nessa transformação social. Sabemos que não é simples, por isso iremos começar promovendo um debate profundo sobre o tema. A partir do estudo, será possível termos uma visão real e dados concretos que serão insumos de engajamento e conexão da causa com a marca e sociedade. Acreditamos na união de todo o mercado para de fato promovermos mudanças e todos sermos agentes de transformação”, completou Gabriela.



5 visualizações0 comentário
Post: Blog2_Post
bottom of page